Leonardo Boff: “Tem vergonha de ser brasileiros com este governo”

Leonardo Boff : “Tem vergonha de ser brasileiros com este governo” e Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a sua reunião com o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em Brasília, decorreu num “tom fraternal” de encontro “entre irmãos”.
Leonardo Boff é católico e Marcelo Rebelo de Sousa diz também ser.
6 de enero de 2019 ler (aqui)
O teólogo e escritor brasileiro, denunciou que “em nome de Bolsonaro fuzilaram três indígenas” em Mato Grosso do Sul, e que “há uma violência que se sente legitimada”. “Nunca tinha pensado que pudéssemos chegar a uma situação tão degradante”
“Há uma violência que se sente legitimada por Bolsonaro ao dizer que quando tomasse o poder ia metralhar 12 mil do PT e o filho disse que 12 mil era muito pouco, têm que ser 100 mil, há que limpar o Brasil do PT”
O afetuoso Marcelo sabia que o mano Bolsonaro e o seu sobrinho se afirmavam como criminosos, o católico apostólico Marcelo sabia que o mano preparava a inquisição, que já começou com o fuzilamento de três indígenas.

Este artigo encontra-se em: as palavras são armas http://bit.ly/2QFuBkK

Anúncios