Corticeira Fernando Couto volta a despedir Cristina Tavares

A trabalhadora Cristina Tavares, alvo de sistemática repressão patronal após ter sido reintegrada por ordem judicial, foi novamente despedida. Retaliação surge após multa de 31 mil euros da ACT.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2VDsrps

Anúncios