Governo de Macri enfrenta a quarta greve geral

Após a grande manifestação de ontem, Buenos Aires amanheceu sem movimento. À convocatória da CGT uniram-se as outras grandes centrais sindicais, contra a política de austeridade e o acordo com o FMI.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2Q4Y6wr

One comment

Os comentários estão fechados.