Autoridades marroquinas agridem membros da delegação de ativistas que participaram na Universidade de Verão de Quadros saharauis




El Aaiún (capital ocupada do Sahara Ocidental), 27 de agosto de 2017 (SPS)- As autoridades de ocupação marroquinas agrediram este sábado a delegação de ativistas saharauis representantes das Zonas Ocupadas.
A delegação regressava a El Aaiún após ter participado nos trabalhos da oitava edição da Universidade de Verão de Quadros saharauis que decorreu na cidade de Boumèrdes, na Argélia, onde puderam dar testemunho da repressão brutal exercida pelo ocupante marroquino contra a população saharaui que vive nas zonas ocupadas do Sahara Ocidental.
 Alguns dos integrantes da delegação receberam maus tratos. O ocorrido teve lugar no aeroporto da cidade de el Aaiún.
Said Had-dád, Abdal-laheAsbaee, Amaina Abaali, Ajyarhum Aalia, Dakala Zaidán, Raguilla Hauasi, Maaluma Abadal-lahe, Sultana Jaya y Salha Btenguiza receberam cacetadas e insultos por parte da polícia marroquina.
A delegação saharaui de direitos humanos já havia sido retida no aeroporto de Casablanca em Marrocos. Foi isolada do resto dos passageiros e os seus membros foram inspecionados de maneira provocatória e humilhante tendo-lhes sido confiscados os seus pertences.

Este artigo encontra-se em: Sahara Ocidental Informação http://bit.ly/2wgenpA

Anúncios