Capital fictício, cidade fictícia*

O economista Michael Hudson define capital fictício como «aquela proporção do capital que não pode ser convertida em simultâneo em valores de uso existentes. É uma invenção que é absolutamente necessária para o crescimento do […]

Ler artigo em: ODiario.info http://bit.ly/2hWpVL8

Anúncios