Trabalhadores da PT exigem intervenção do Governo

Os trabalhadores da PT/MEO continuam o processo de luta contra a transferência compulsiva para outras empresas e a pressão para rescisões imediatas de contratos a centenas de funcionários. Prometeram «mais luta» após o primeiro-ministro não os ter recebido esta quinta-feira, numa concentração realizada durante o Conselho de Ministros.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2uvaI9J

Anúncios