Conhecer não faz mal

Enviado por mão amiga

“A barragem de ataque à Venezuela e à votação que teve lugar é imensa. Para esse ataque vale tudo, incluindo mentir. 
Ninguém é obrigado a gostar da Constituição da Venezuela tal como cá muitos não gostam da Constituição da República Portuguesa.
Mas Mentir, por exemplo, sobre a ilegitimidade da eleição, mentir sobre a sua inconstitucionalidade já é uma coisa de outra natureza.
Em anexo http://bit.ly/2wnQeNv a Constituição da Venezuela e assinalo a leitura das paginas 140 e seguintes (140 a 145) e 341/342. 

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2vdaMtw

Anúncios