Lembrete histórico

Honduras necessita de uma nova Constituição e há vontade política.”
Mel Zelaya
Só o facto de o dizer, exacerbou de tal forma os ânimos, que no domingo 28 de junho de 2009, pela madrugada, o Presidente Constitucional da República José Manuel Zelaya Rosales, foi sequestrado por um grupo de militares e enviado para a Costa Rica.
 Os EUA receavam que o social-democrata Zelaya se aproximasse de Chavez.
Tudo se passou com a habitual cordialidade da comunidade internacional.

Deputados desalojados do Parlamento pelos militares

Este artigo encontra-se em: as palavras são armas http://bit.ly/2v6x66u

Anúncios