Coerência ?

Aqueles que não reconhecem a Assembleia Constituinte da Venezuela, não pestanejam ao reconhecerem Temer como presidente da república do Brasil
As ameaças directas do governo dos interesses petrolíferos -governo Trump – ameaçou hoje directamente o Presidente da República Venezuelena…
Ficamos à espera das reacções em Portugal e na UE…


A Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) reiterou nesta terça-feira (1º/8) seu compromisso em defesa da soberania da Venezuela, diante do novo ataque do governo dos Estados Unidos, ao pretender impor sanções contra o presidente da República, Nicolás Maduro.
O general Vladimir Padrino López, chefe da FANB, emitiu um comunicado e declarou ao canal Venezuelana de Televisão que estas sanções “são uma agressão contra a pátria” e interferem de maneira direta “em assuntos da segurança da nação”.

Maduro: “Sanções dos EUA são distinção à minha luta; não sou governante lacaio do império”

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2u0ZCoV

Anúncios