A CONDENAÇÃO DE LULA

Um juiz formado nos seminários da USAID e íntimo da Embaixada dos EUA no Brasil , sr. Sergio Moro, condenou o sr. Lula a 9,5 anos de prisão . A sentença foi lavrada hoje, 12 de Julho.

Deste episódio podem-se extrair algumas lições:

1) De nada valeram todas as capitulações do sr. Lula frente à classe dominante brasileira ("A burguesia nunca ganhou tanto dinheiro como no meu governo", declarou ele certa vez) e frente ao imperialismo;
2) Frente à depressão económica mundial em curso, o Imperialismo e a classe dominante local querem descarregar, o mais depressa possível, todo o peso da crise sobre os ombros dos trabalhadores;
3) Por essa razão quer reverter as conquistas sociais do povo brasileiro reenviando-o para a situação em que estava no século XIX com a liquidação da legislação trabalhista e previdenciária em vigor ("É preciso enterrar o getulismo", disse uma vez o ex-presidente F.H.Cardoso);
4) Está assim acabada, ingloriamente, a política social-democrata desenvolvida pelo lulismo de fazer apaziguamento social mediante a distribuição aos trabalhadores de algumas migalhas do rendimento nacional;
5) É enganosa a palavra-de-ordem "Diretas já!" propalada pelo PT pois: a) eleições presidenciais realizadas nas actuais condições não podem ser democráticas; e b) mesmo se vitorioso, o sr. Lula teria de pagar o preço de manter e até agravar todas as suas capitulações frente à classe dominante;
6) A democracia burguesa está podre no Brasil e a triste herança do lulismo não permite saídas boas a curto prazo.

http://resistir.info/

Anúncios