43 de Ayotzinapa desapareceram há 34 meses mas OEA não se interessa

Em Setembro de 2014, 43 estudantes desapareceram no México, país considerado o segundo mais violento do mundo, depois da Síria, de acordo com um relatório publicado em Maio deste ano. A Venezuela quis debater a questão na OEA, sem sucesso.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2wba0uC

Anúncios