Violência Israelita em Jerusalém

Na Antena 1  matinal não há um comentário sobre o que se está a passar na Palestina ?

Uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança ocorre nesta segunda após um pedido de França, Egito e Suécia — um dos poucos países europeus a reconhecer o estado palestino.É importante que o Conselho de Segurança tenha um importante papel nos pedidos de calma”, disse o embaixador britânico na ONU Matthew Rycroft.

Já a Turquia foi mais incisiva e classificou as medidas de Israel  como inaceitáveis e uma violação dos direitos humanos.

 

Conselho de Segurança da ONU discute esta noite a escalada da tensão em Jerusalém por entre novos confrontos entre jovens palestinianos e o exército israelita na Cisjordânia. Os militares voltaram a disparar balas de borracha e gás lacrimogéneo para dispersar protestos em Ramallah e Beit El contra as medidas de segurança impostas por Israel na esplanada das mesquitas. 
Pelo menos cinco palestinianos morreram e dezenas ficaram feridos nos confrontos dos últimos dias, quando os fiéis palestinianos rejeitam rezar no terceiro local santo do Islão enquanto Israel não retirar os detetores de metais da instalação. 
O governo israelita admitiu ontem a possibilidade de modificar o dispositivo, quando países como a Turquia denunciam o que consideram ser, “uma violação dos direitos humanos”. O enviado do presidente norte-americano, Jason Greenblatt, vai tentar acalmar a tensão no terreno depois dos tanques israelitas terem bombardeado várias posições do Hamas na faixa de Gaza.

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2vCwnd6

Anúncios