Nicolás Maduro volta a convocar a oposição para um acordo de paz

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, fez neste domingo (23) um chamado à oposição para que aceite um acordo de paz e convivência com o governo nacional pelo futuro da Pátria de Bolívar. Durante seu programa “Os Domingos com Maduro”, o mandatário instou Júlio Borges, presidente da Assembleia Nacional e chefe político da direita, a assumir a responsabilidade por todas as ações atrozes cometidas pela direita nas últimas semanas no país, ao tempo em que o exortou a reconhecer o povo chavista como uma força viva, poderosa e que está nas ruas, assim como ele reconhece a oposição como força política. “Como chefe de Estado, chefe de governo, presidente da República Bolivariana da Venezuela, comandante em chefe da Força Armada Nacional Bolivariana e como chefe e líder deste momento da Revolução Bolivariana do século 21, fundada pelo comandante Hugo Chávez, eu te digo, Júlio Borges, e digo à MUD (Mesa da Unidade Democrática): façam uma retificação a tempo e cheguemos a um acordo de paz, convivência para que este país tome o rumo da recuperação definitiva de sua economia”, disse. Maduro assinalou que a oposição não pode manter sua linha de arrebentar a Venezuela com balas, morteiros, coquetéis molotov, bloqueios de […]

Ler artigo em: PORTUGAL / BRASIL – elcomunista.net http://bit.ly/2vCari9

Anúncios