Qual “V” qual quê? Somos (só) dois!

Ontem, sábado,no Jardim Municipal de Oeiras
O gesto começa a acompanhar-me tão insistentemente que até me apoquenta a ambiguidade. Não, não é (mais um vez) qualquer ante-visão de vitória, com uso de linguagem gestual. Estava nesse momento a dizer que, na Assembleia de Freguesia, somos só dois os eleitos pela CDU e que para dar a volta a tanta trapalhada é necessário que sejamos mais ( e seremos!)

Este artigo encontra-se em: CONVERSA AVINAGRADA http://bit.ly/2ulGGUh

Anúncios