CNTM define ações contra as reformas de Temer

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM/Força Sindical) reuniu sua diretoria executiva na quarta (19), em Florianópolis, a fim de debater a conjuntura econômica e política do País e definir ações de resistência à reforma trabalhista em âmbito nacional. “Os Sindicatos e as Federações da CNTM têm o compromisso de levar à base metalúrgica, no País todo, informações sobre as recentes mudanças ocorridas na legislação trabalhista, fortalecer a luta de resistência contra os prejuízos que estas reformas causarão para os trabalhadores e garantir avanços nas Convenções Coletivas”, afirma Miguel Torres, presidente da Confederação do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Além da participação dos presidentes das Federações filiadas à CNTM, o encontro teve a presença do jornalista Marcos Verlaine, analista político do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar). Ele fez um balanço do período recente da história do Brasil, desde as manifestações de junho/julho de 2013. Outro convidado foi o economista Thomaz Ferreira Jensen, da subseção do Dieese do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, que recomendou empenho redobrado nas campanhas salariais. “Nesse novo contexto de alterações na legislação trabalhista, é fundamental que se invista forte na organização junto à base, na união e na solidariedade de classe”, disse. Agência […]

Ler artigo em: PORTUGAL / BRASIL – elcomunista.net http://bit.ly/2vsXoji

Anúncios