Trabalhadores da Serlima em condições precárias

Trabalhadores vindos de todo o País, contratados pela empresa de trabalho temporário Serlima, e a prestarem serviços de limpeza em estabelecimentos do Grupo Pestana, continuam a queixar-se da falta de condições laborais, como o facto de estarem dez pessoas alojadas num T3.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2uFlN7e

Anúncios