Não ao Terrorismo Golpista

Orlando Figuera
4 de Junho de 2017 – Altamira, Estado Miranda

Elementos de grupo terrorista da “oposição” ao tomarem Orlando Figuera, de 22 anos, por apoiante do governo venezuelano golpearam-no, feriram-no com armas brancas e em seguida incendiaram-no. Orlando faleceu, devido aos seus ferimentos, alguns dias depois do ataque. Estão registadas pelo menos outras 3 pessoas a queimadas vivas em ataques dos grupos terroristas ligados à “oposição” na Venezuela.

Publicado em CPPC: Início – CPPC – Conselho Português para a Paz e Cooperação http://bit.ly/2uboNHH

Anúncios