Para Frente, ‘Diretas Já’ continua mesmo com saída de Temer

Na reunião da Frente Suprapartidária pelas Diretas, parlamentares e movimentos reforçaram que trocar Temer por Rodrigo Maia não resolve crise no País. Para deputados e senadores presentes na reunião da Frente Parlamentar Suprapartidária pelas Diretas Já, na noite desta segunda-feira (10), a eminente saída do golpista Michel Temer da Presidência torna urgente a luta pela antecipação das eleições diretas. Isso porque, no caso de afastamento de Temer, quem assumiria a Presidência seria o presidente daCâmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Porém, na avaliação dos parlamentares, Maia na Presidência não representa saída para a crise no qual o Brasil se encontra. “Não tem outra maneira de sair da crise que não seja delegando ao povo o seu poder de decidir”, resumiu o coordenador da Frente, senador João Capiberibe (PSB-AP). Presente à reunião, a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) apontou que Rodrigo Maia assumindo a Presidência vai continuar tocando as reformas da Previdência e trabalhista. Para ela, seria uma tragédia ter Maia na condução do Brasil. “Acho que uma das constatações que temos que fazer é que o golpe realmente não deu certo. Já estão trocando o golpista mor. Mas temos que ter claro quem é Rodrigo Maia, que é aquele cara que falou que a Justiça do Trabalho não deveria existir, é […]

Ler artigo em: PORTUGAL / BRASIL – elcomunista.net http://bit.ly/2sN4LQO

Anúncios