Iniciativa pretende mapeiar os donos da mídia no Brasil

Em mais uma etapa na luta pela democratização dos meios de comunicação, no Brasil, a organização Repórteres sem Fronteiras (RSF) e o coletivo Intervozes lançaram na última semana, em São Paulo e no Rio de Janeiro, a versão brasileira do Media Ownership Monitor (MOM), iniciativa que pretende mapear quem são os proprietários da mídia no país. A pesquisa terá quatro meses de duração e culminará na divulgação de dados dos 40 maiores grupos de mídia do país. Apesar de o foco ser nos grandes grupos, há uma preocupação de abarcar também a questão das disparidades regionais. O levantamento MOM já foi realizado em outros dez países – como Colômbia, Peru e Turquia – e em 2017, além do Brasil, alcança outros três países. “É fundamental a gente ter um levantamento de dados disponível para toda a população, com um fácil acesso, sobre quem são os donos da mídia, quem controla a mídia, que é a pergunta que essa pesquisa quer responder. Sem isso, a gente continua impossibilitado de fazer esse debate público sobre os danos da monopolização da comunicação no Brasil”, afirmou André Pasti, do coletivo Intervozes, em entrevista à repórter Clara Araújo, para o Seu Jornal, da TVT. “Não […]

Ler artigo em: PORTUGAL / BRASIL – elcomunista.net http://bit.ly/2tz10j4

Anúncios