Redacções do Rogérito (37) – “O eucalipto”

Tema da redação: “O valor e a importância do eucalipto”

«Eu gostava muito de eucaliptos pois eram árvores frondosas e bem cheirosas e a dona Esmeralda que gosta de eucaliptos à brava até apanhava folhas dos eucaliptos para as meter no guarda-vestidos para a roupa ficar a cheirar a bem embora dela não guarde memória de a roupa lhe cheirar mal mesmo que passe anos e anos sem ela passar por qualquer eucaliptal.
A stora disse que se não fossem os eucaliptos não haveria livros e como eu gosto muito de livros é também por isso que eu gosto dos eucaliptos só que como nem só de livros se fazem destinos eu não gostava de ter por destino viver rodeado de eucaliptos até por que o senhor Saramago que até escreveu muitos livros um dia insurgiu-se pela Comunidade ter decidido por exemplo que 75% da superfície florestal do nosso país seria destinada à plantação de eucaliptos sem nem eu nem a stora nem a dona Esmeralda termos decidido ter assim tanto eucalipto e quem tal decidiu foi uma potência supernacional o que está muito mal pois devia ser eu a stora e a dona Esmeralda a decidir estas coisas e outras.
Descobri há pouco que o eucalipto seca tudo à sua volta o que sendo muito mau tem um lado interessante pois o senhor Ângelo Correia considera que o grande problema para o PSD hoje em dia é o vazio que o eucalipto lá do sitio está a criar à sua volta.
O mal é que o senhor Ângelo Correia está já a pensar plantar outro eucaliptal… que arda!»

Me assino
Rogérito

Este artigo encontra-se em: CONVERSA AVINAGRADA http://bit.ly/2tjYEEv

Anúncios