Trabalhadores do Pingo Doce saíram à rua

Trabalhadores do Pingo Doce de duas lojas em Braga realizaram hoje uma greve e uma concentração, afirmando junto da população as reivindicações de aumentos salariais e horários regulados. Houve uma adesão significativa à greve dos trabalhadores da lojas do Pingo Doce de Vila Verde e do Braga Parque, informou o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP/CGTP-IN). A concentração na entrada do Braga Parque, para além de ser a primeira realizada naquele local, contou com uma elevada mobilização de trabalhadores das duas lojas e permitiu que se fizesse uma denúncia pública dos problemas sentidos neste local de trabalho, afirmou o sindicato. Estiveram presentes na acção, para além de outras delegações regionais do CESP, a União dos Sindicatos de Braga e uma delegação do PCP, que contou com a presença da deputada Carla Cruz. Trabalhadores exigem resposta às reivindicações O sindicato denuncia que a empresa não responde aos problemas e reivindicações dos trabalhadores, e não cumpre do contrato colectivo de trabalho (CTT)». Os trabalhadores «estão sujeitos aos horários semanalmente e até diariamente alterados sem aviso prévio, como está previsto no CTT aplicável», refere o CESP num comunicado, acrescentando que «a empresa já foi alvo de denuncia à […]

Ler artigo em: PORTUGAL / BRASIL – elcomunista.net http://bit.ly/2twDsxB

Anúncios