Há «défice excessivo» no transporte fluvial no Tejo

O transporte público fluvial no rio Tejo continua a funcionar com défice de embarcações, em virtude da imobilização de três navios na Soflusa e seis na Transtejo, denunciou, esta sexta-feira, a União dos Sindicatos de Setúbal.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2tFWVsY

Anúncios