Noticias do Macronismo

Negócios do Macronismo – França

Esta terça-feira, Sylvie Goulard, ministra da Defesa desde Maio, pediu o seu afastamento da chefia militar depois de ter sido aberta uma investigação preliminar ao alegado uso indevido de fundos do Parlamento Europeu pelo seu partido, o MoDem, força que se aliou ao LREM para somarem, em conjunto, 350 deputados na segunda volta das legislativas gaulesas que teve lugar no passado domingo. 
Já Richard Ferrand, até aqui ministro do Planeamento Territorial e braço-direito de Macron, tendo sido responsável pela coordenação da campanha presidencial do LREM, deverá também ser afastado, ou afastar-se. Segundo a imprensa francesa, Ferrand terá aceitado, após um encontro realizada ontem com Macron, a proposta do presidente gaulês para assumir a liderança do LREM na Assembleia Nacional.

No entanto, Richard Ferrand foi no início do mês também alvo de uma investigação preliminar por alegado favorecimento a familiares e por alegações de que beneficiou indevidamente de negócios feitos por um fundo de seguros de saúde de que era gestor. Assim, apesar de a passagem para a liderança da bancada parlamentar do LREM ter sido definida como “estratégica”, na medida em que Macron pretenderá assim ter um elemento do seu círculo mais próximo no Parlamento, Ferrand parece mais uma baixa das investigações em curso.

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2sPub3U

Anúncios