Socialismo, exigência de actualidade e futuro

O PCP promove no próximo sábado, 17, o Seminário «Socialismo, Exigência de Actualidade e do Futuro», um dos pontos altos do seu programa de comemorações do centenário da Revolução de Outubro. O seminário realiza-se na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, na Cidade Universitária, durante todo o dia, com início às 9h30 e encerramento às 19h00. Para além de Jerónimo de Sousa, intervirão cerca de duas dezenas de oradores convidados, entre os quais Albano Nunes, António Avelãs Nunes, José Barata-Moura, Manuel Loff, Maria da Piedade Morgadinho e Ruben de Carvalho.

Numa nota emitida pelo Gabinete de Imprensa do PCP, no dia 12, sublinha-se que «cobrindo um amplo e variado leque de temas, o Seminário propõe-se evidenciar a extraordinária importância histórica daqueles “dez dias que abalaram o mundo”, na feliz expressão da célebre obra de John Reed, que as Edições Avante! reeditarão nesta ocasião, as realizações e conquistas do empreendimento de construção da nova sociedade a que deu lugar, a influência determinante do sistema socialista nos avanços progressistas e revolucionários do século XX, o aprofundamento da crise estrutural do capitalismo e a exigência cada vez mais actual e urgente da sua superação revolucionária com a construção do socialismo e do comunismo».

——————————————————————————-

Um muito relevante seminário!

Bem gostaria de estar presente
– e eventualmente participar, lembrando 1848
e os vários “socialismos” que Marx e Engels 
(d)enunciam no Manifesto
reaccionário 
(feudal, pequeno burguês, alemão ou “verdadeiro”), 
conservador ou burguês – 
mas outros caminhos, tarefas… e idade mo impedem.

Paciência!…
 que, como diz Jerónimo de Sousa,
é revolucionária.

Este artigo encontra-se em: anónimo séc. xxi http://bit.ly/2sjMmeU

Anúncios