Jovem venezuelano morreu ao manipular explosivo

Tareck El Aissami apresentou provas de que Neomar Lander, de 17 anos, morreu ao manipular um artefacto explosivo numa manifestação violenta da oposição, desmontando a campanha lançada pela direita e pela imprensa de que fora morto pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB).

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2saX9e3

Anúncios