As palavras do “Vilão”

” De vilão a herói. Jeremy Corbyn é o grande vencedor das eleições britânicas. Considerado um caso perdido, com os 20 % de desvantagem que em abril as sondagens lhe davam, o trabalhista ficou a apenas 9% dos conservadores e deu mais 31 assentos parlamentares ao “Labour”. Corbyn poderia tornar-se primeiro-ministro, com o apoio da restante oposição. 
Corbyn pediu a cabeça de Theresa May. “Todos no Partido Trabalhista e todos os que apoiaram o Partido Trabalhista, ontem – Jovens, idosos, todos – penso que devem estar orgulhosos pelo que fizeram. Foi uma decisão dela, a de ir a eleições. Era o nome dela que saltava à vista, ela dizia que era para criar um governo forte e estável. Não me parece que seja um governo estável, não me parece que seja um governo que tenha qualquer tipo de programa”, declarou Corbyn.”

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2rKgW2s

Anúncios