Protestos mantê-se, dentro e fora das prisões israelitas

Os prisioneiros palestinianos em greve de fome há 28 dias continuam em isolamento. Apesar da deterioração das suas condições de saúde, os serviços prisionais israelitas recusam cuidados hospitalares.

Ler artigo em: AbrilAbril http://bit.ly/2r6oPjp

Anúncios