Para Alemanha e países periféricos verem

Olhem que nós também pressionamos os grandes !!! :
 “O Comissário Europeu dos Assuntos Económicos e Monetários pede a Emmanuel Macron que reduza o défice e que retire a França do procedimento por défice Excessivo, que pode levar à aplicação de sanções. 
Pierre Moscovici estima que o país tem de fazer um esforço mínimo para respeitar o critério dos 3% do PIB.
Bruxelas espera que Paris tenha um défice de 2,9% este ano e que suba para 3,1% em 2018. 
No entanto, o défice situou-se nos 3,4% no ano passado e, de acordo com os dados do Ministério da Economia, no primeiro trimestre, e em termos homólogos, as contas agravaram-se em 7,6%. O défice ronda 29,6 mil milhões de euros
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, estima que a França gasta demasiado. 
O novo presidente francês, Emmanuel Macron, prometeu baixar a despesa em 60 mil milhões de euros nos próximos cinco anos, graças à supressão de 120 mil postos de trabalho na função pública. 
A aplicação do programa de Macron vai depender dos resultados das legislativas de junho.”.

Este artigo encontra-se em: FOICEBOOK http://bit.ly/2r5ykMb

Anúncios