Foi eleito pelo povo, pois…

O Grito
Oswaldo Guayasamin 1983
Nem mais! E cada vez que alguém se insurja contra as malfeitorias do elegido, lá vem o tabefe: “fui eleito pelos franceses”. E os gauleses de origem, que cada vez são menos, entalam o rabinho nas pernas e entre soluços e resmunguices vão tartamundeando que não votaram nele votaram contra a outra.
O neoliberalismo sabe jogar o jogo cujas regras estabeleceu, marca a carta, (Macron/Bilderberg) que baralha nas urnas e como que por magia, sai o presidente que desde há muito vinham preparando.

Este artigo encontra-se em: as palavras são armas http://bit.ly/2paPIm4

Anúncios